19/12/2020

13/12/20 - PROSPERIDADE 4X4

  • Aperte o Play e aguarde um instante para começar a ouvir a mensagem. 
  • Ouça a Palavra acompanhando o esboço abaixo
  • Compartilhe com seus amigos

 


Texto bíblico:   Gênesis 1:27,28

Diferentemente dos automóveis convencionais, em que a força do motor é transferida apenas para duas rodas, nos 4×4, todas elas estão conectadas à transmissão.  Por isso, em estradas boas e regulares todos os carros se saem muito bem. Mas quando entramos em terrenos pedregosos, estradas irregulares e barrentas ter um carro 4 x 4 faz uma grande diferença.

No que tange a prosperidade, muitos consegue ir bem em situações de normalidade, mas em tempos de desafios precisamos conhecer a prosperidade 4 x 4.

O desejo do Senhor é que seus filhos experimentem ao longo da sua vida, todos os níveis de prosperidade. Todavia, por falta de revelação muitos deixam de desfrutar da prosperidade que o Senhor tem para eles.

Hoje o Senhor quer abrir os nossos olhos e nos fazer entender que  diante de nós ainda existem tesouros escondidos e riquezas encobertas que só podemos acessar pela fé.

Vejamos pois os quatro aspectos da prosperidade:

I – QUATRO TIPOS DE PROSPERIDADE

1.1. O termo "Prosperidade" (TICELEAH = Prosperidade de YHWH) aparece na Bíblia apenas no antigo testamento, já o termo semelhante "Abençoar" aparece em toda Bíblia, desde Gênesis até Apocalipse. Existem quatro tipos de riquezas na bíblica que fazem parte do pacote da prosperidade de Deus para os seus filhos: 

a) Kesef = Dinheiro - Alguns perguntam se você tem cacife (dinheiro em hebraico); esse é o nível mais baixo dentro da Prosperidade de Deus (Lucas 12:16-20).

b) Zerrut = Honra ou Mérito - O homem mais sábio que existiu declarou que o bom nome vale mais que muitas riquezas, e ser estimado mais que ouro e prata (Pv. 22:1).

c) SEKULA = Tesouro ou Crédito - Jesus disse: não ajunteis sekula na terra, mas ajunteis sekula nos céus, pois é bom ter crédito com os homens, todavia o melhor é ter crédito com Deus (Mateus 6:19-21).

d) Lishmá = Valor - É o auge da prosperidade de Deus, pois não tem preço. Por quanto você venderia seus dois olhos? Não tem preço mais tem valor. Existem coisas que podemos negociar, porém existem coisas inegociáveis: sua posição diante de Deus é inegociável, as promessas de Deus na sua vida são inegociáveis, portanto, não negocie a unção sobre você, pois ela não tem preço, mas tem valor.

  • São quatro tipos diferentes de riquezas que precisamos em nossa vida.

II – QUATRO NÍVEIS DE PROSPERIDADE

2.1. Os quatro níveis de prosperidade estão ilustrados na visão que Jacó teve de uma escada cujo topo tocava o céu quando fugia do seu irmão (Gênesis 28:10-17).

2.2. A tradição judaica que foi passada pelo ensino oral, de pai para filho, afirma que eram quatro degraus nessa escada. Acho coerente esse entendimento, porque a Bíblia nos mostra que cada degrau, representa um ciclo de sete anos na vida de Jacó.

Veja como esses quatro ciclos de sete anos vão se cumpre na vida de Jacó:

a) Nível Físico: Necessidades supridas - Jacó partiu e chegou na casa do seu tio Labão. Foram sete anos, trabalhando para ter casa e comida e conseguir casar-se derramando todo o seu suor e ainda não havia prazer na vida. 

  • Esse é o primeiro nível da prosperidade! É quando você trabalha apenas para morar e comer!

b) Nível Emocional: Desejos satisfetiros - Ele trabalhou mais sete anos para ter direito a casar-se com Raquel. E mediante um acordo feito com Labão seu desejo se realizou.  O degrau emocional representa o segundo nível prosperidade que quando você não tem apenas necessidades supridas, mas desejos satisfeitos.

  • Quando você tem esse nível de revelação você começa a falar para o Senhor não apenas o que você precisa, mas também o que você deseja.

c) Nível intelectual: Riqueza multiplicada - O terceiro degrau, representa aquele tempo na vida de Jacó em que ele começou a prosperar. Ele fez um acordo com Labão para ter participação nos lucros, e Deus lhe deu uma estratégia que o fez enriquecer rapidamente(Gn. 30.31-36).

  • Quando você entra nesse nível, a cada ano sua vida financeira cresce e sua prosperidade se torna visível.

d) Nível espiritual: Investimento no reino - Em Gênesis 32 Jacó sobe o último degrau da escada. Ele está diante da porta que ele viu quando ele era menino. No Vau de Jaboque, Jacó dá de cara com o anjo do Senhor, seu nome é mudado e o anjo lhe diz: “Até hoje você teve que se agarrar nas oportunidades, mas a partir de hoje as oportunidades virão até você.”

  • Nesse quarto nível Jacó não tem apenas riqueza material. Ele agora é um homem tratado por Deus em seu caráter.

III – QUATRO TIPOS DE CORAÇÃO

3.1. Nessa parábola em Mateus 13:1-9, Jesus não dá ênfase no semeador nem na semente. Ele está falando de quatro tipos de terras. Esses quatro tipos de solos estão sincronizados com os quatro níveis de prosperidade. Elas vão nos revelar a resposta do coração ao receber algo que vem de Deus. Portanto, essa é principal parábola que todos precisam entender:

a) A primeira semente caiu à beira do caminho - representa aquele coração que recebe a palavra, mas tudo o que ele recebe é roubado ou se perde. Há pessoas que são assim. Eles recebem algo da parte de Deus, mas tudo dura muito pouco.

b) A segunda semente caiu entre pedras - representa aqueles que são duros como pedra. Há pessoas que têm esse tipo de coração de pedra! E quando elas recebem algo de Deus, elas se tornam mais duras ainda. Essas pessoas com o coração de pedra, têm o poder de matar a semente que deveria prosperar em suas mãos por causa do coração avarento.

c) A terceira semente caiu entre espinhos -  representa aqueles que são sufocados pelas coisas da vida. O terceiro tipo de coração representa aqueles que quando prosperam, ao invés de se tornarem mais intensos em Deus, mais fiéis, mais sensíveis eles se envolvem excessivamente com as coisas do mundo e são sufocados pelas coisas dessa vida.

d) A quarta semente caiu em terra boa – representa aqueles que prosperam mas mantém o coração no reino. Essa é a semente que se multiplica a 30, a 60 e a 100 por um. Porque acolhe a palavra de Deus no coração.

  • Pessoas que têm esse coração se tornam um canal desbloqueado para as riquezas do reino. São pessoas confiáveis a quem Deus pode entregar tudo em suas mãos.